Descoberta da Insulina

 na categoria Biologia Ensino Médio, Desques, Ensino Médio, Textos Biologia Ensino Médio

Vamos falar de História?

Em janeiro de 1922, os Canadenses e o mundo testemunharam um poderoso evento proporcionado pela medicina.

Até o ano de 1921, crianças com diabetes tipo 1 dificilmente sobreviviam por mais de 1 ou 2 anos. Então, nesse mesmo ano, os pesquisadores Sir Frederick G. Banting, Charles H. Best e JJR Macleod, da Universidade de Toronto, descobriram a insulina e, subsequentemente, James B. Collip conseguiu purificá-la com sucesso em janeiro de 1922 a partir de extratos do pâncreas.

Crianças morrendo de cetoacidose (1) – devido ao mal funcionamento do pâncreas e incapacidade de produzir insulina – eram mantidas em grandes espaços – frequentemente 50 ou mais pacientes -, a maioria em estado de coma. As famílias nada podiam fazer, e frequentemente, ficavam na sala de espera, esperando a morte do filho ou da filha.

Então, em 23 de janeiro de 1922, em um dos momentos mais dramáticos da história da medicina, Benting, Best e Collip foram correndo em cama em cama com injeções de insulina purificada, administrando o hormônio em cada um dos pacientes em coma e quase mortos. E antes mesmo dos pesquisadores alcançarem a última criança em quasi-morte, as primeiras que receberam a insulina começaram a acordar do coma, para grande emoção e choro dos familiares.

A administração exógena de insulina continua até hoje sendo o único tratamento efetivo para a diabetes tipo 1. Não se esqueçam dos verdadeiros heróis. Não desvalorizem a Ciência. #Jean

 

Postagens Recentes

Digite o que procura e aperte a tecla Enter para pesquisar